No Slide

Theres no banner slide right now.

Mensagem da Época

 

mais...
 
close

 

Agenda Anual

Workshop de Constelação

mais...
 
close

Workshop de Constelação Familiar e Organizacional

Compreender e superar as crises pessoais, familiares e organizacionais é o que propõe o Workshop de Constelação Familiar e Organizacional, que tem como facilitadoras Valéria Santana e Ana Paula Alvarenga.

Os Workshops de Constelação são vivências em grupo que objetivam o aprimoramento pessoal e melhor percepção das ordens e sua importância nos relacionamentos familiares, sociais e profissionais.

Nestes workshops podem ser colocados questões e problemas relacionados à carreira, profissão, empresas e organizações, além de questões ligadas à família, relacionamento de casal, doenças e dificuldades com os filhos.

Os inscritos podem escolher duas maneiras de participar: colocando sua constelação sistêmica ou não. Podem vir para constelar ou participar como ouvinte. Você pode participar quantas vezes desejar. Não há limites para o número de vezes que alguém pode participar desses grupos vivenciais.

Quem coloca sua constelação tem a chance de perceber como as forças que atuam sobre uma situação que o individuo vivencia podem o levar a destinos difíceis e/ou como as mesmas forças quando percebidas fluindo ordenadamente no sistema podem levar à solução.

O QUE É CONSTELAÇÃO FAMILIAR?

Trata-se de um método de ajuda baseado nas descobertas do alemão Bert Hellinger, que utiliza de pessoas que estão presentes no grupo como representantes para membros da família ou grupo social do cliente. Hellinger descobriu 3 (três) leis naturais que regem os relacionamentos humanos e tais leis são tão verificáveis quanto a lei da gravidade, se nos dermos ao trabalho de observar. São também chamadas de três leis do amor que são: hierarquia (estabelecida pela ordem de chegada), pertencimento (estabelecido pelo vínculo), equilíbrio (estabelecido pelo dar e tomar/receber). Quando tais leis são violadas numa família, surgem compensações que atuam nos membros da mesma, como: depressões, doenças, problemas nos relacionamentos, dificuldades financeiras, etc . Graças à representação, o cliente pode perceber para onde olha o seu amor e o que ele pode fazer para que tais leis possam ser novamente respeitadas. Então ele pode, talvez, enxergar o próximo passo que o conduza de uma maneira mais leve na vida, solucionando a questão que o incomoda.

Por que o nome "Constelações"?

O nome original do trabalho desenvolvido por Bert Hellinger em alemão é Familienaufstellung e significa, numa tradução literal, "Colocação [Representação] familiar". Porém o verbo "stellen" em alemão foi traduzido ao inglês como "constellate", ou seja, posicionar certos elementos numa configuração dada. Como o primeiro livro traduzido ao português veio do inglês e não do original em alemão, foi então traduzido como "constelações familiares". O termo "constelação" aqui nada tem a ver com estrelas, astrologia, esoterismo ou similares, mas tem sim uma conotação de uma representação, uma colocação onde os elementos são posicionados numa certa configuração de relações.

Esta abordagem tem algo em relação a alguma religião?

Não. A abordagem não está ligada a nenhuma religião ou credo. Também não pressupõe a necessidade de que o cliente creia em nada de antemão. É uma abordagem empírica e é baseada na própria percepção do cliente e dos representantes. Quem quer que misture essa abordagem com religião não está seguindo a metodologia segundo ela foi criada.

Qual é a base científica para os fenômenos observados nas constelações familiares?

O fenômeno das constelações é ainda algo em estudos. Não se firmou totalmente a base científica para o mesmo, mas os melhores estudos a respeito foram feitos pelo biólogo inglês Rupert Sheldrake, que criou a Teoria dos Campos Morfogenéticos e estudou o fenômeno também em animais com grande êxito. Ele publicou diversos livros sobre o fenômeno e executou inúmeras pesquisas cientificas com grande rigor estatístico. Os livros dele foram traduzidos para o português, sendo alguns dos mais conhecidos: "Por que os cães esperam seus donos" e "A sensação de estar sendo observado," que foram publicados pela editora Cultrix. As pessoas interessadas em compreender melhor esse fenômeno devem buscar ter as respostas através de estudos como o de Sheldarake, pois durante nossos cursos não nos ocupamos em explicar ou estudar o fenômeno em si, apenas o utilizamos em benefício do cliente para auxiliá-lo a esclarecer suas questões.

(Fonte: Parte do texto foi extraído do site www.ibhbc.com.br)

Os interessados poderão fazer a sua inscrição pelo e-mail: contato@desenvolverpessoas.com.br ou pelo telefone (31) 3313-1580.

Para Pessoas

 

mais...
 
close

 

Para Organizações

 

mais...
 
close

 

fAfM